Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Em nota, Iris faz duros ataques a Marconi

Salve e compartilhe
03/02/2010

 

Bruno Rocha Lima

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), deu continuidade ao bate-boca público com o senador Marconi Perillo (PSDB). Por meio de nota oficial, o prefeito rebateu as críticas do tucano publicadas ontem pela imprensa, acrescentando duros ataques aos governos do PSDB.

Iris diz na nota distribuída por sua assessoria que Marconi pratica a “mentira pública”, que em sete anos de governo ele “quebrou o Estado” e instalou a “república do ódio”, usando a máquina para perseguir desafetos.

“Para quem pratica malversação do erário, a leviandade histórica é um delito menor; agredir por agredir, caluniar por caluniar, são atitudes de covardes, porém, na visão dele, de resultados eleitorais eficientes. Mais uma vez: os fins justificam os meios”, atacou o peemedebista.

“(Marconi) deixou obras inacabadas; autorizações de obras e benefícios assinados a esmo, tantas que dariam um livro de infinitas páginas”, afirma na nota, citando como exemplos o Centro Cultural Oscar Niemeyer e o Estádio Olímpico.

“Como explicar a contabilidade maquiada da Celg, que colocou embaixo do tapete mais de R$ 1 bilhão?” questiona o prefeito, alegando que o tucano deixou uma “herança sinistra” para seu sucessor. “São os fatos que não deixam dúvida hoje aos goianos: o senador era o novo em pele de velhaco. Agora, para justificar seus erros, atira pedras para todos os lados.”

Antecipando o clima eleitoral, a mais nova contenda entre os dois – que tendem a se enfrentar nas urnas este ano – começou no domingo, após Iris defender na imprensa a postura do governador Alcides Rodrigues (PP) de expor a situação que herdou do ex-aliado e acrescentar críticas à conduta do senador.

Na ocasião, durante posse da Diretoria Executiva da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), Iris disse que a gestão de Marconi aplicou de forma equivocada os recursos públicos. “Passaram os pés pelas mãos, indiscutivelmente. Poderiam ter feito muito mais do que fizeram com o dinheiro que movimentaram”, disse.

No dia seguinte, por meio de nota enviada à imprensa por sua assessoria, Marconi rebateu as críticas do peemedebista citando diversas ações implantadas por sua gestão e voltou à carga contra as gestões de Iris. Disse que o prefeito “escandalizou o Brasil” ao se envolver em denúncias de corrupção, “malversou recursos públicos” e perseguiu o funcionalismo do Estado.

“Malversar o erário, para o prefeito Iris Rezende, significa afundar e fechar o Banco do Estado de Goiás (BEG), o Bando de Desenvolvimento de Goiás e a Caixa Econômica Estadual, escandalizar o Brasil inteiro com os casos Caixego e Astrográfica, massacrar o funcionalismo?”, questionou o senador, lembrando que criou instituições como a Universidade Estadual de Goiás – fato contestado na nota peemedebista – e o Centro de Reabilitação e Readaptação Henrique Santillo (Crer).

Assim como na nota do tucano, Iris também cita realizações de seus governos para refutar as críticas do adversário e rebate as acusações sobre a má gestão dos bancos estatais. “Também me orgulho do esforço para reerguer o BEG e a Caixego nas duas vezes em que assumi o governo, convidando o povo a aplicar ali seus rendimentos, o que resultou no fortalecimento dessas instituições.”

O debate entre Iris e Marconi denota a tendência de uma campanha com intensas trocas de farpas este ano. O tucano tem enfrentado saraivadas de críticas tanto do governo estadual quanto do PMDB, que mostram um discurso cada dia mais afinado contra o adversário comum.

À medida em consolida a tendência de disputar o governo, Iris vai aumentando os ataques a Marconi, assim como o tucano também tem elevado o tom de suas críticas. O peemedebista diz que a eleição será a oportunidade para comparar os governos de PMDB e PSDB. “Estou pronto para a luta. No tempo certo, tudo será passado a limpo”, finalizou.

Fonte: O Popular

leia mais..

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X