Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Prévia da inflação supera teto da meta, mas preços desaceleram

Salve e compartilhe
20/05/2011

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15) variou 0,7% em maio e atingiu a taxa de 6,51% no acumulado dos últimos 12 meses -- acima do teto da meta do Banco Central, de 6,5%.

Mesmo ultrapassando o teto, o comportamento mensal do indicador veio em linha com a expectativa do mercado e mostrou desaceleração na relação com abril, quando a variação registrada foi de 0,77%. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A diferença de 0,07 ponto percentual da taxa de abril para maio (0,70%), explica o IBGE, ocorreu principalmente pela perda de ritmo nos grupos alimentação e bebidas (que desacelerou de 0,79% para 0,54%), e transporte, que passou de 1,45%, foi para 0,93%.

Em maio do ano passado, a taxa havia ficado em 0,63%.

Em 2011, a inflação já chegou a 3,86%, segundo o índice.

A meta de inflação tem centro em 4,5% e tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

O índice do IBGE fecha no dia 15 de cada mês e serve de prévia para o IPCA, indicador oficial de inflação e referência para o regime de metas do governo.

ARREFECIMENTO

Os vilões das altas recentes foram os principais contribuintes para a desaceleração deste mês.

O menor ritmo de crescimento nos preços do grupo dos alimentos foi influenciado pelos produtos in natura e pelas refeições fora de casa. O tomate ficou 9,18% mais barato no mês, assim como as frutas (-2,90%) e as hortaliças (-1,51%), que também tiveram reduções em seus preços. Nas refeições, item importante no orçamento das famílias,a redução na taxa de crescimento foi significativa, passando dos 0,91% de abril para 0,47% em maio. Já os lanches consumidos fora, chegaram a apresentar queda de 0,63%, enquanto haviam subido 0,54% em abril.

No grupo transporte, embora o preço do litro do etanol tenha diminuído substancialmente, ficando com variação de apenas 0,01%, enquanto a alta em abril atingiu 16,40%, o litro da gasolina, que já havia aumentado 4,28% em abril, subiu mais ainda em maio, 5,30%.

 

Jornal Folha de São Paulo


 

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X