Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Operação balada responsável será 4 vezes maior

Salve e compartilhe
26/01/2012

 

Carla Borges,

O número de equipes de fiscalização da Operação Balada Responsável, que combate a combinação de álcool e direção, será quadruplicado a partir da próxima semana. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) vai marcar os quatro meses da ação, completados na segunda-feira, dia 30, com a ampliação do número de equipes envolvidas nas blitze de 5 para 20. Para isso, foram adquiridos 15 kits da operação, compostos por cones, balões, barracas, mesas, cadeiras e bafômetros, entre outros itens.

As equipes serão distribuídas pela Região Metropolitana de Goiânia. A ideia, explica o diretor de Operações do Detran, coronel Sebastião Vaz da Silva, é aumentar a fiscalização nas ruas da capital e de Aparecida de Goiânia e Anápolis – que já recebem a ação –, cobrindo outros municípios, como Trindade e Senador Canedo. “Haverá outras ampliações, quando a operação for levada para outros municípios do interior”, avisa o diretor. No carnaval, por exemplo, a fiscalização da embriaguez será reforçada nas cidades turísticas, que recebem grande público.

O objetivo, assegura o coronel Vaz, é conscientizar os condutores, fazendo com que eles não dirijam depois de beber. Para ele, os números iniciais da operação sinalizam que este objetivo está sendo atingido. O POPULAR comparou os números dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2011 – as blitze da operação começaram no dia 30 de setembro – com o mesmo período de 2010. O número de acidentes atendidos pelo Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (PM) em Goiânia teve uma redução de 2,8% no período. Já o de mortos teve um aumento de 52%.

Para o diretor do Detran e especialistas em trânsito, no entanto, o período é curto para uma comparação mais abrangente, especialmente em relação a óbitos, já que um único acidente pode ter várias pessoas mortas. A análise dos números reflete a mudança de comportamento do motorista. A comparação mês a mês do número de infrações de trânsito por embriaguez – quando o motorista não faz o teste do bafômetro, mas é autuado com base em aspectos como olhos vermelhos, hálito e voz alterada – é sintomática.

O número de infrações desse tipo cresceu 69% em outubro do ano passado (primeiro mês da operação) em comparação com outubro de 2010, manteve-se estável em novembro e teve uma queda de 47% em dezembro, em comparação com o mesmo mês de 2011. Outro indicador que teve queda bastante significativa é o porcentual de motoristas que se recusam a fazer o teste do etilômetro (para aferir a embriaguez). De 30 de setembro até anteontem, 12.372 motoristas sopraram no bafômetro e 627 se recusaram (cerca de 5%).

“No início da operação, 50% dos motoristas abordados se recusavam a se submeter ao etilômetro. Essa queda para apenas 5%, em média, mostra que as pessoas estão mais conscientes, evitando beber antes de dirigir”, avalia. O número de carteiras de habilitação recolhidas também teve um aumento de 106% no primeiro mês da operação, para depois apresentar uma queda de 47% em dezembro, comparado ao mesmo mês do ano anterior.

Para o diretor do Detran, a redução real no número de acidentes é ainda maior do que mostram os dados do Batalhão de Trânsito. O coronel Vaz destaca que as estatísticas do Detran envolvem dados de outros órgãos, como Agência Municipal de Trânsito (AMT), Batalhão Rodoviário, Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros, entre outros. O setor de estatística do Detran está fazendo um mutirão para atualizar os dados, mas só os tem consolidados até outubro deste ano.

Perímetro urbano

Incluindo todo o perímetro urbano (até as rodovias que cortam Goiânia), foram registrados em outubro do ano passado (primeiro mês da operação) 2.409 acidentes em Goiâna, número 25% menor do que o de outubro do ano anterior, quando foram 2.409. Considerando apenas o turno noturno, quando acontecem as blitze, a redução foi levemente maior: 26%, caindo de 844 para 626 acidentes.

“Estamos conseguindo reduzir os índices mesmo com o aumento da frota, o que indica o sucesso da ação”, defende o coronel Vaz. Ele observa que em pouco mais de um ano, de outubro de 2010 até dezembro de 2011 a frota de veículos da capital foi incrementada em 74.406 unidades. Em 31 de dezembro, a frota de Goiânia era de 1.030.796 veículos. A do Estado, de 2.783.030.

Orientação

A orientação para as equipes da Operação Balada Responsável, em caso de recusa dos motoristas a se submeter ao bafômetro, é de que o policial verifique os sinais notórios de embriaguez, como olhos vermelhos e fala alterada, e equilíbrio, pedindo ao motorista para descer do carro e andar em linha reta. Caso seja verificada a presença dos sintomas, ele é autuado com base no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro, que trata da infração administrativa. A multa é grave, corresponde a 7 pontos na carteira, multa de R$ 957,00, retenção do carro e até prisão em flagrante.

Outra orientação é para que os agentes tenham o tratamento “o mais respeitoso possível” com os motoristas abordados, inclusive falando sobre os objetivos da campanha. “Não fazemos pegadinha nem arapuca, tanto que temos até balão para identificar os locais das blitze. O que buscamos é a conscientização”, diz o coronel Vaz. Na terça-feira, em reunião com 53 prefeitos no Detran, foi discutida a interiorização da operação.

Outra medida, com base em ações adotadas no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, é de criar uma lei estadual instituindo a operação, dando-lhe caráter permanente. “O projeto irá para a Assembleia Legislativa assim que os deputados voltarem do recesso”, diz o diretor de Operações do Detran.

 

Fonte: O Popular

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X