Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Refletir para Agir...

Salve e compartilhe
14/08/2013

É nas dificuldades e nas crises que reconhecemos os fortes, os dignos e honrados. Reconhecemos também os alienados, os oportunistas os fracos e os traidores.

O que é traição? De acordo com o dicionário Aurélio a palavra origina-se do latim traditione e um de seus significados é o ato de deslealdade. Na linguagem militar significa entrega nas mãos de alguém.

A atitude de algumas pessoas em mudar de opinião e/ou de lado, quando vivenciam momentos de crises e conflitos, é um ato de oportunismo, covardia, subserviência, fraqueza, ou traição? Dúvida que deixa a mente embaraçada e sem a resposta necessária.

Acredito que uma das melhores formas de blindagem contra essas ameaças comportamentais é a boa e necessária “educação de berço”.

A herança do respeito, da honradez, da honestidade, da dignidade, são virtudes invioláveis e imutáveis - você tem ou não tem - não existe o meio termo, ela dá a segurança necessária para decidir e enfrentar os desafios.  

A ganância, o individualismo, atos ímprobos, jogos de interesses, luta pelo poder, são comuns na Administração Pública, e são fatores colaborativos para a traição; eles se relacionam. A ganância busca de forma incessante o poder, e o poder por sua vez produz ganância, que de uma forma cega e individualista, aproveita-se da fragilidade para atropelar todos os princípios éticos.

Quem de nós não teve em nosso convívio uma pessoa simples, de origem humilde, solista que de uma hora pra outra se transformou, deixou a vaidade e ganância mudar seu estilo de vida e seu comportamento? Valores éticos e morais esquecidos no passado, deixando o interesse individual sobrepor o interesse da coletividade.

É salutar esclarecer que ambição não se confunde com ganância. Ter ambição é desejar crescer e ser ganancioso é querer crescer a qualquer custo.

Muita das vezes o ato da pessoa mudar de lado quando a correia aperta não é traição, é simplesmente revelação. Pode ser um lobo transvestido de cordeirinho, aproveitando as oportunidades que lhe convém, ou seja, praticando a Lei de Gerson (levar vantagem em tudo). 

Essa reflexão simplória que reflete meu sentimento e opinião intenciona avaliar nosso atual momento de dificuldades, separar o joio do trigo e formar uma corrente forte em prol de nossa querida empresa.

Conclamo aos comprometidos com nossa empresa para que não ceda, não deixe de acreditar que somos bons e que juntos somos fortes. Vamos refletir para agir.

 Precisamos dar a volta por cima e isso só depende de nós. Vamos a Luta!

 

Álvaro Leandro – 34 anos de empresa. 

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X