Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Greve dos bancos fecha agências em todo o País

Salve e compartilhe
19/09/2013

Os bancários de todo o País entram em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (19). A paralisação será feita por funcionários de instituições públicas e privadas.

A decisão foi tomada em uma assembleia realizada no último dia 12 e reafirmada na tarde de ontem. Na reunião, a categoria não aceitou a proposta dos bancos de reajuste de 6,1%. Os bancários cobram um aumento salarial de 11,93%.

Para atender ao público durante o período de greve, os caixas de autoatendimento vão continuar funcionando. Os clientes também poderão usar o internet banking e o aplicativo do banco no celular (mobile banking). Os correspondentes bancários como casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados estarão abertos para as transações financeiras.

O cartão de credito é outra alternativa para pagar contas básicas como água, luz ou telefone. Porém, o serviço pode gerar taxa de até R$ 16 por boleto.

De acordo com informações do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, o lucro dos seis maiores bancos foi de R$ 29,6 bilhões no primeiro semestre deste ano, uma alta de 18,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) ressaltou que o piso salarial da categoria subiu mais de 75% nos últimos sete anos e que os salários foram reajustados em 58%, o que significa um aumento real de 23,21%.

Em nota, o diretor de relações do trabalho da Fenaban, Magnus Ribas Apostólico, afirmou que o “o momento atual exige cautela, pois a economia está num ritmo mais lento, as margens de todos os setores estão mais apertadas e a geração de emprego está em queda”.

Ele também afirma que a Fenaban está aberta a negociações. O órgão também confirmou a proposta de reajuste salarial de 6,1% que foi negada pela categoria e que previa entre outros benefícios o reajuste do auxílio refeição, que sobe para R$ 22,77 por dia; a cesta alimentação passa para R$ 390,36 por mês, além da 13ª cesta no mesmo valor e auxílio-creche mensal de R$ 324,89 por filho até seis anos.

Fonte: R7

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X