Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Aumento de impostos adiado para setembro

Salve e compartilhe
14/05/2014

O Governo Federal decidiu adiar por três meses o aumento de tributos sobre bebidas frias. A medida foi anunciada ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, com o objetivo de evitar reajustes de preços durante a Copa do Mundo.

Segundo Mantega, o aumento de tributos que estava previsto para entrar em vigor dia 1º de junho ficará para 1º de setembro.

O Governo decidiu também que o reajuste não será dado de uma única vez, mas será feito de forma parcelada. Mantega disse que o período do parcelamento será decidido nos próximos três meses.

De acordo com presidente executivo da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Paulo Solmucci, o mais provável é que o Governo parcele esse aumento em um período de dois ou três anos.

Solmucci disse ainda que as empresas do setor se comprometeram a manter investimentos, não demitir trabalhadores e não reajustar preços durante a Copa.

Ele, e outros representantes do setor, estiveram reunidos ontem com o ministro da Fazenda. Antes da reunião, eles haviam dito que ocorreria reajuste de preços, caso o Governo não suspendesse o aumento dos tributos, e que haveria também demissões de cerca de 200 mil trabalhadores. Mantega afirmou também que o Governo estava preocupado com o impacto da medida sobre a inflação.

O aumento das alíquotas do setor foi anunciado no final de abril, mas as novas tabelas com os preços das bebidas só entrariam em vigor em junho. A previsão da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes é que o aumento terá impacto de 10% a 12% no preço das bebidas frias para o consumidor.

Logo depois do anúncio de aumento, em abril, a Receita Federal retificou informação e disse, em nota oficial, que os preços das bebidas frias subiriam, em média, 2,25% para o consumidor final, e não 1,3%. Também houve erro na primeira divulgação das tabelas.

Veículos

Representantes das montadoras de veículos e da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) estiveram reunidos ontem com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Paulo Caffarelli, para tratar do pacote que o Governo prepara para destravar o crédito automotivo. Os executivos deixaram o ministério sem falar com a imprensa após a reunião.

Fonte: Agência Brasil

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X