Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Trabalhadores não reconhecem ACT/2014 finalizado

Salve e compartilhe
24/02/2015

Foi realizada na tarde de ontem, 23/02, uma assembleia geral com os trabalhadores da CELG D, da Capital e do interior. Em pauta, assuntos referentes ao PCR, Correção de Curva, Informes Jurídicos e Informes Gerais.

A decisão de convocar a referida assembleia surgiu, à época, após as manifestações da Direção da Celg D quanto ao PCR, posicionando-se de forma extremamente insatisfatória e dando por finalizado o processo. Por ocasião da assembleia, a Direção da Celg D já havia concordado em continuar as negociações.

Inicialmente, o diretor do STIUEG Esio Paulino Roque deu os informes relacionados à questão do Clube da CELG, abordou o tema de negociações com o cenário Eletrobrás e respondeu aos questionamentos dos participantes. Foi realçado que a estratégia do Sindicato é a de utilizar a força de mais de 7 mil urbanitários na luta por retornar a área do Clube aos urbanitários que dela já tinham direito, conforme ofício do STIUEG ao Governador.

Em seguida, o Eng. Wagner Vilela, integrante da Comissão do PCR (prevista no ACT/2014, constituída por representantes de grupos funcionais de empregados eleitos), indicado como porta voz pela referida Comissão, apresentou os integrantes, discorreu sobre a importância do PCR e o extenso trabalho de análise e diagnóstico realizado pela Comissão na composição de propostas de melhoria do PCR. Apresentou ainda o estado atual das negociações junto à diretoria da Celg D.

O próximo assunto, Correção da Curva, foi abordado pelo diretor do STIUEG Heliomar Pedrosa. Ele apresentou o Ofício STIUEG 026/15 destinado à Direção da Celg D, que contém a reivindicação de reajuste salarial isonômico, sendo um dos componentes da estratégia de luta do Sindicato para esta questão. Ressaltou ainda que, apesar do assessor da Diretoria da Celg D, exigir que o Sindicato não participe e que "será rechaçado", a entidade não é contra qualquer movimento que vise melhoria salarial, mas deseja que a força das categorias mais numerosas seja utilizada também para o ganho das demais prejudicadas e que a proposta de Correção da Curva é a mais vantajosa.

 

Os representantes do departamento jurídico do STIUEG falaram sobre as ações coletivas e individuais que já estão em andamento e fez um chamado aos trabalhadores, capital e interior, para que entrem em contato com o sindicato a fim de tratar das questões jurídicas, principalmente as relativas a sobreavisos.

O Diretor do STIUEG, Javan Rodrigues, reafirmou que a postura do Sindicato permanecerá alinhada com os princípios historicamente defendidos: independência quanto aos objetivos da direção das empresas e fidelidade aos interesses justos dos empregados.

 

Ao final, foi deliberado em votação:

1)      Que os empregados aguardarão até o dia 10 de abril o cumprimento pela Direção da Celg D dos pontos restantes, em aberto, do ACT/2014;

2)      Que a Comissão do PCR, prevista pela Cláusula XIII do ACT/2014, possam participar da construção da pauta do ACT/2015.

 

Lembramos que os trabalhadores podem deixar suas sugestões de pauta no site do STIUEG.

 

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X