Telefone: (62) 3233-0010 Email: stiueg@uol.com.br Contato Hino STIUEG

Leia..

Reação dos trabalhadores contra o PL 4330

Salve e compartilhe
15/04/2015

Cerca de 3 mil pessoas participaram na manhã de hoje, 15/04, de um grande ato contra o PL 4330,  Projeto de Lei  que  amplia os contratos de terceirização no mercado de trabalho, tirando o emprego dos trabalhadores e acabando com as conquistas da CLT.

A Manifestação aconteceu em 18 Estados e já começa a surtir efeito com recuo dos deputados que votaram o destaque que impede que empresas públicas, sociedades de economia mista e a suas subsidiárias controladas pela União, Estados e municípios possam contratar funcionários para as chamadas atividade-fim por meio de empresas terceirizadas. Na prática, empresas públicas como a Petrobras continuarão tendo que contratar funcionários de suas atividades-fim por meio de concurso público. O destaque foi aprovado por 360 votos contra 47.

O dia de paralisação que aconteceu na maioria das capitais brasileiras visa a conscientização dos trabalhadores para a construção de uma greve geral em todo o país.

O protesto, que contou com grande participação dos trabalhadores da Celg e da Saneago, teve início às 9h00 na Praça do Bandeirante. Em seguida os manifestantes caminharam pela Avenida Anhanguera até o Palácio da Indústria, onde fica a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e seguiram em direção ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, a sede do Governo de Goiás, onde o ato foi encerrado.

Na ocasião os trabalhadores promoveram uma "marcha fúnebre" onde enterraram, simbolicamente, o Congresso Nacional que quer aprovar o projeto que é tão prejudicial aos trabalhadores.

O PL 4330  prevê a contratação de serviços terceirizados para qualquer atividade da empresa. Em entrevista à imprensa local, o Diretor do STIUEG Washington Fraga reiterou a posição do Sindicato contra este PL que visa acabar com os direitos trabalhistas.  Segundo o Diretor do STIUEG, João Maria de Oliveira, esta lei provoca a precarização do trabalho, fragiliza as relações trabalhistas, assegura a volta do nepotismo e causa o fim dos concursos públicos. “O Congresso Nacional deveria discutir a extinção da terceirização e não a legalização da mesma” dispara.

O dia 15 de abril ficará marcado na História de Goiás como um dia de luta contra os desmandos do Governo Federal contra os trabalhadores brasileiros. Em unidade, trabalhadores de vários seguimentos ocuparam as ruas em defesa dos direitos retirados pelo PL-4330. E o STIUEG esteve presente, fortalecendo e ampliando a luta de classe. A vontade de LUTAR é o recado que deixamos ao Congresso Nacional e aos Deputados Goianos que votam contra os trabalhadores.

Pelos direitos conquistados e contra a precarização do trabalhador, a luta Continua!

Destaques

Newsletter

Stiueg

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG) teve seu início no ano de 1949, com a criação da Associação dos Funcionários da CELG. O segundo passo importante dessa história foi dado com a extensão de base para a Associação dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás...

Onde estamos

® STIUEG.ORG.BR
Rua R-2 nº 210 Setor Oeste
Goiânia - Goiás CEP: 74125-030
Telefone: (62) 3233-0010
Email: stiueg@uol.com.br

Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Supera Web X